sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Freio auxiliar Top Brake - Mercedes-Benz

- trabalha a partir de 900 rpm
- atua numa parte do  2º tempo (compressão) e em todo 4º tempo (exaustão)
- a válvula dedicada (vide foto abaixo) atua no 2º tempo, liberando o ar aos poucos e neste momento a injeção é cortada
- e no 4º tempo, fecha a válvula de escapamento de forma esporádica, segurando os gases, neste momento o freio motor convencional colabora para a frenagem do veículo
- lançado em 1992 no LS1935 e presente até hoje na linha MB

Os 4 tempos

válvula dedicada, em vermelho

válvula dedicada [menor], seu acionamento é pneumático





quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Volvo NL12 EDC 360 6x4

Motor: TD123E de 12 l, com 356 hp à 1900 rpm e torque de 163 mkgf à 1200 rpm
Caixa: ZF16S165 de 16 marchas (13,68 - 1)
Diferenciais: CTN372 (relações disponíveis: 4,12 / 4,55 / 5,41)


EDC ano 97

Electronic Diesel Control

16 marchas

Redução nos cubos

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Volkswagen Constellation 19-320

Motor: Cummins ISC de 8.270 cc, 320 hp à 2000 rpm e 131 mkgf entre 1300 e 1600 rpm
Caixa: ZF 16S1650 de 16 marchas (4 + 4 + reduzidas)
Diferencial: Meritor MS 23-165 na relação 4,10

Lançado em 2005, no lugar do Titan 18.310, ele deu conta do recado, sendo um veículo com boa comercialização.


Motor Cummins ISC com 320 hp


Caixa ZF de 16 marchas, bem conhecida pela robustez

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Comparativo motores Scania V8: DS14 x DC16



           


O DS14 foi ganhando mais potência com a série 2, conseguindo 388, 400 e 410 hp, essas duas últimas com a adição de intercooler e com a série 3 ele saltou para 450 hp onde foi produzido até 1995. Em 2001 a Scania trouxe o R164 Rei da Estrada na potência de 480 hp, foi uma série especial que abriu mercado novamente para os motores V8. Com este mesmo bloco já foram extraídas potências de 500 e 580 hp antes do Euro 5, agora com esta norma temos o 560 e 620 hp.







domingo, 24 de novembro de 2013

Suspensão pneumática Volvo FH

Presente há mais de 15 anos em veículos pesados, e neste tempo mostrando que só traz vantagens tanto ao caminhão, implemento e a carga. Abaixo a solução da Volvo, contando com 4 bolsas por eixo.

Eixos FH 6x2



Controle eletrônico da suspensão

FH400 6x2

sábado, 23 de novembro de 2013

Caixa de câmbio Scania GR900

- 8 marchas (4+4 sem reduzida) + Crawler + Ré
- Equipa R/T113, P114, P310, P340
- Opcionalmente vinha com Retarder





Escalonamento

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Mercedes-Benz Actros 2646 6x4

Motor: OM-501 LA V6 de 11.946 cc, com 456 hp à 1800 rpm e torque de 224 mkgf à 1080 rpm
Caixa: Powershift automatizada sem aneis sincronizadores (MB G-330/12 de 12 marchas)
Diferenciais: HD7/55 DCGS-13 + HL7/55 DCS-13 nas relações 3,71 e 4,14 (atuais) e 4,33 (primeiros)

Freio auxiliar Top Brake e Retarder Voith R115HV (opc.)

-------------------------------------------------------xx-----------------------------------------------

Com inúmeros recursos de segurança, conforto e facilidade de operação, o Actros 2646 é uma ótima opção para um caminhão Premium.


Caixa G-330

Eixos HD7/HL7

Lavador de farois




Tem até teto solar

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Comparativo VW Constellation 24.250 x 24.280

VW Constellation 24.250

Motor: Cummins Interact 6.0 de 5,88 l com 250 hp à 2500 rpm e torque de 97 mkgf entre 1200 e 1700 rpm
Caixa: Eaton FS-6306B de 6 marchas
Diferencial: Meritor MS 23-145 nas relações 4,10 e 5,59 (opc.)


VW Constellation 24.280

Motor: MAN D0836 de 6,871 l com 275 hp à 2300 rpm e torque de 107,14 mkgf entre 1100 e 1750 rpm
Caixa: ZF 9S1110TD de 9 marchas
Diferencial: Meritor MS-23-155 nas relações 3,73 e 4,10 (opc.)


PS: Opção com caixa automatizada V Tronic ZF 6AS1010BO com diferencial Meritor MS23-245 SR (dupla redução automatizada) nas relações 4,88/6,65 e 5,38/7,33 (opc.)


--------------------------------------------------------xx----------------------------------------------------


O 24.250 possuía tecnologia Euro 3 e para a transição Euro 5, a VW lançou o 24.280 com motor MAN e sem utilização do SCR/ARLA32. O mesmo passou por modificações internas e externas e continuou campeão de vendas.

Constellation 24.250

Cummins Interact 6.0

Eaton FS6306B





Constellation 24.280





caixa automatizada V Tronic


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Scania motor DC9E02 Etanol

modelo: DC9E02 270 Etanol
litros: 8.9
cilindros: 5
válvulas p/ cilindro: 4
diâmetro x curso: 127 x 140 mm
taxa de compressão: 28:1 (altíssima, pois no ciclo Diesel a média é 17:1)
sistema de injeção: PDE (semelhante ao ciclo Diesel, porém as unidades tem fluxo maior)
potência: 270 hp à 1900 rpm
torque: 122,45 mkgf entre 1100 e 1400 rpm

Resumindo: nos carros movidos à gasolina ou etanol (álcool hidratado) a mistura explode por ação da vela de ignição. Já o motor DC9 Etanol, a mistura ar+etanol explode no mesmo processo do ciclo Diesel [altas temperaturas] e com ajuda da taxa de compressão de 28:1. Agora na prática, o modelo consome 40% a mais que a versão diesel e custa mais caro também, algo entre 10 e 15%. Este motor dispensa o sistema SCR que utiliza o Arla 32 e equipa caminhões semi-pesados e ônibus. A questão que fica: o transportador brasileiro está preocupado com sustentabilidade?




terça-feira, 19 de novembro de 2013

Caixa automatizada ZF AS Tronic

- Opção de 12 e 16 marchas
- Sem aneis sincronizadores
- Troca de óleo a cada 300 mil km (dependendo de alguns fatores)
- Torque de 316,32 mkgf
- Opção do Intarder (freio hidráulico na saída da caixa)
- Equipa Cargo 2042/2842, DAF XF105, MAN TGX, Iveco Stralis Ecoline e Hi Way e VW Constellation 420 hp







Intarder


domingo, 17 de novembro de 2013

International 9800 6x4

Motor: Cummins ISM de 404 hp à 1900 rpm e torque de 203,57 à 1200 rpm
Caixa: Eaton Fuller RTLO(F)16918B de 16 marchas, 2 crawler e 4 ré
Diferencial: RT46-160P na relação 4,56

Fabricado entre maio de 2000 e dezembro de 2002, módulo da injeção com mais de 200 parâmetros a serem modificados, 6x4 com suspensão a ar, cabine em alumínio, mesmo assim este modelo divide opiniões.